O Corretor de Seguro é um especialista no ramo securitário. Trabalha mediando todos os processos de corretagem de seguros entre o segurado e a seguradora.

Profissional certificado pela Escola Nacional de Seguros e com registro na SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), o Corretor de Seguros pode trabalhar em seguradoras, corretoras, empresas que prestam serviços jurídicos ou atuar na profissão por conta própria, seja como um profissional autônomo ou abrindo sua própria corretora de seguros. Trabalha mediando todos os processos de corretagem de seguros entre o segurado e a seguradora, analisando os custos e benefícios com relação à situação do segurado, indicando o produto mais apropriado às suas carências.

Formação:

Para exercer a profissão de Corretor de Seguros, o interessado deve realizar o Curso para Habilitação de Corretor de Seguros, precisa apresentar o diploma de ensino médio e ter 18 anos completos, no momento da inscrição. O Curso para Habilitação de Corretores de Seguros é composto por 3 cursos: Curso para Habilitação de Corretores de Capitalização; Curso para habilitação de Corretores de Seguros de Vida e Previdência Complementar; e Curso para habilitação de Corretores de Seguros Demais Ramos.

O Curso tem duração de 9 meses.

Tendo em mãos o Certificado de Habilitação de Corretor de Seguros, o profissional deve efetuar seu registro na Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Função:

O profissional tem como atribuição administrar, intermediar, promover contratos de seguro, e, sobre de tudo, preservar os direitos dos segurados e propiciá-los maior segurança e eficiência, tanto no ato da transação quanto na utilização de uma apólice de seguro. É um profissional (legalmente autorizado) que media a relação segurado x seguradora, sempre esclarecendo, orientando, explicando ao segurado seus direitos e obrigações em certos contratos de seguro. Age também como consultor de riscos, averiguando e reconhecendo necessidades do consumidor para futuramente localizar, através de uma apólice de seguro, uma solução possível que resulte segurança e tranquilidade.

Salário:

Inicialmente o corretor de seguros tem um salário, em média de R$ 2.000,00, pode ser uma remuneração fixa ou uma remuneração fixa e um percentual por sua atuação em cada venda. Após, varia muito, se ele é contratado, ou se é autônomo. Quando se é contratado, a média salarial chega aos R$ 3.200,00. Caso seja um profissional, podemos indicar uma média de R$ 5.500,00. Depende muito do piso salarial do estado onde você atua profissionalmente.

Mercado de Trabalho:

O corretor de seguros é, geralmente, um profissional autônomo, possuindo assim, sua própria corretora, no entanto, pode atuar em uma outra corretora, como sócio, ou somente funcionário.

História:

A profissão iniciou-se em 1578, em Portugal, com o intuito de mediar as relações entre segurados e seguradoras. Nenhum seguro seria válido sem a intervenção do corretor. A função diferia-se do escrivão de seguros, por ser paga pelos segurados, o que assegurava ao corretor uma remuneração mais ou menos cinco vezes maior que o de um escrivão.

Por Lucineia Fatima Campos

Outras Profissões:

Contador

Farmacêutico

Engenheiro de Produção

Analista de TI

Gerente de RH

Advogado

Arquiteto

Biomédico

Acupunturista

Almoxarife

Analista Comercial

Agente de Viagens

Aspirante da Aeronáutica

Assessor de Imprensa

Assistente Social

Aspirante a Oficial do Exército

Auxiliar ou Assistente Administrativo

Agrônomo

Auditor

Bibliotecário

Biólogo

Blogueiro

Bombeiro

Barista

Ator

Chefe de Cozinha

Comunicador Social

Corretor de Imóveis





CONTINUE NAVEGANDO: