Abono extra aos aposentados, pensionistas e inscritos no BPC



Os aposentados e pensionistas do Instituto do Seguro Social (INSS) devem ficar bastante atentos durante todo este ano de 2020.

Tudo isto, por que segundo as notícias atuais, uma proposta para que seja pago um abono salarial para esta classe de segurados avança no Congresso Nacional. Caso seja aprovado, será mais uma alternativa de ajuda para quem vêm sofrendo com esta pandemia atual.

De acordo com as principais fontes do noticiário atual, caso a proposta passe pelo Senado Federal e siga o seu rito de aprovação, quem depende do órgão para o seu sustento poderá receber em sua conta um valor de cerca de R$ 2.000,00. Uma boa ajuda que vai amenizar muitas famílias brasileiras em todo o país.



Segundo a proposta atual, elaborada pelo senador Jefferson Brandão Leone da Bahia e que está registrado nas pautas de votação como uma sugestão legislativa, SUG de número 15/2020 já chegou na chamada Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado da República.

A intenção é que os senadores possam impor um rito acelerado à análise e votação da proposta para que ela possa entrar em vigor ainda neste ano, visto que, a maioria da população está sofrendo com as consequências econômicas causadas pelo efeito do Covid-19.



Com a possível aprovação, deverão ser beneficiados os aposentados, pensionistas e todos aqueles que já são cadastrados no chamado Benefício de Prestação Continuada, o BPC.

Para se ter uma ideia, a proposta do pagamento deste abono já havia sido protocolada desde o dia 19 de junho e de lá para cá, já foram colhidas cerca de mais de 25 mil assinaturas em favor da sugestão que poderá virar uma emenda do Senado. Segundo, as informações, o texto do documento já está nas mãos do senador Paulo Paim, um dos apoiadores da proposta e em fase de análise e apreciação.

Segundo alguns detalhes da proposta, a implementação do pagamento de um valor extra no valor de 2 mil reais aos beneficiários do INSS e os inscritos no BPC durante o estado de calamidade pública e que foi estendido até dezembro deverá beneficiar quem ganha até três salários-mínimos.

A elaboração desta proposta partiu de alguns parlamentares e foi idealizada com o intuito de se juntar às outras ações do governo federal como mais uma tentativa de se tentar minimizar os efeitos desta crise gerada pela pandemia atual. Na avaliação dos políticos e dos especialistas, ela deverá ser de extrema significância para ajudar aos milhares de assistidos pelo INSS em todo o país.

Como fazer para acompnahr todas as fases de discussão da proposta do Senado Federal ?

Se o leitor ficou interessado pelo assunto e pretende acompanhar todas as notícias relativas à análise e discussão desta proposta, então basta acessa o site do Senado Federal. Para isto, basta clicar aqui. No site, será possível acompanhar passo a passo todas as movimentações relativas ao exame e movimentação da proposta pelos membros desta casa legislativa. Na fase atual, o documento está com a relatoria do Senado e nos próximos dias deverá seguir para a discussão.

Se você não quer perder nenhum detalhe sobre o andamento da proposta, então você pode também se cadastrar na página do Senador com seu e-mail e uma senha. Ao ser confirmado os seus dados, você terá uma área exclusiva aonde deverão constar esta matéria ou outras que você deseja acompanhar. Neste serviço, sempre que as pautas forem submetidas a algum tipo de movimentação, o leitor é avisado imediatamente por e-mail.

Portanto, caso você, alguém que você conheça ou um membro de sua família seja beneficiário do INSS, é bom ficar atento para a movimentação desta proposta que, sendo aprovada, vai ajudar a muita gente neste difícil ano de 2020.

Post Anterior

Não há mais posts

Próximo Post

Não há mais posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *