Retificação do Imposto de Renda 2017 – Como Fazer



Saiba aqui como fazer a retificação do Imposto de Renda 2017.

Para quem já entregou a declaração de Imposto de Renda neste ano de 2017 e só depois se deu conta de que passou alguma informação equivocada ou que esqueceu de informar algum dado importante, não precisa se desesperar, a própria Receita Federal disponibiliza a chance destes contribuintes de fazer a retificação.

Os contribuintes que precisam corrigir a suas declarações precisam, antes de mais nada, correr contra o tempo. Isso porque se a sua declaração estiver com alguma informação inconsistente, ela corre um sério risco de cair na malha fina da Receita e aí, não se pode fazer mais nada. Você fatalmente será convocado para comparecer a uma delegacia do órgão mais próximo de sua residência e aí terá que dar explicações sobre o fato.



Quem quer evitar a desagradável surpresa de ter o seu CPF incluído na lista negra do Leão, quanto mais rápido for feita a correção, mais chance de você se livrar desta dor de cabeça. Mas atenção, quem já tiver sido chamado ou já tiver sido multado pela Receita, não vai ter a chance de fazer as correções necessárias.

O caminho mais rápido para fazer a retificação é entrar no próprio programa no qual você fez a sua declaração e lá você vai escolher a opção de ‘declaração retificadora’. Para realizar esta operação, o contribuinte deverá estar de posse do número do recibo de entrega da declaração inicial, para que o sistema possa identificar rapidamente você e para que você tenha acesso aos seus dados gravados no banco de dados da Receita.



Os contribuintes que decidirem fazer as correções ainda dentro do prazo de entrega, eles tem a chance ainda de alterar qual o tipo de declaração deverá ser enviada: Completa ou Simplificada. Se as correções forem feitas depois do prazo limite para o envio, o jeito então é permanecer no modelo escolhido para a declaração inicial.

Leia também:  Como Declarar Imposto de Renda pelo Celular

Para aqueles contribuintes que precisam corrigir as declarações de anos anteriores, seja por motivo de ter caído na malha fina ou por outro motivo, eles terão que baixar o programa referente ao que se quer retificar, além da versão atualizada do programa de envio pela internet, o Receitanet. Todos estes programas estão disponíveis no site do órgão, na área de downloads (www.receita.fazenda.gov.br).

A grande novidade para este ano de 2017 e que veio facilitar a vida dos contribuintes é que não é mais preciso baixar o Receitanet. O próprio programa do IRPF 2017 é capaz de gerar a declaração, gravá-la e enviá-la automaticamente.

Emmanoel Gomes

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *