Entenda aqui como funciona a Lei da Franquia.

Todo mundo já ouviu falar em franquias e franqueados não é mesmo? Mas uma coisa que nem todo mundo sabe é que existe uma Lei de Franquias no Brasil.

A Lei de Franquias que vigora no país é muito importante para o bom funcionamento e entendimento entre franqueados e seus franqueadores.

O objetivo principal da Lei de Franquias é tornar claro aos envolvidos em operação desse tipo, todas as informações necessárias sobre o funcionamento de franquias, tanto para os franqueadores quanto para seus franqueados.

De acordo com essa Lei de Franquias, todo contrato deve ser feito seguindo as recomendações estabelecidas nela. Sendo que o contrato entre as partes deve ser assinado mediante a presença de duas testemunhas legais. Além disso, este contrato é válido ainda que não seja registrado em algum órgão público ou cartório.

Nesse sentido, a lei determina que para que contratos sejam assinados, o interessado no caso deve receber uma Circular de Oferta de Franquia, pelo menos 10 dias antes da assinatura. Assim, dentro destes 10 dias, nenhuma forma de pagamento deve ser feito ao franqueador.

O recebimento da Curricular de Oferta de Franquia é para que o interessado faça uma análise e não significa nenhum tipo de comprometimento, o que permite que o interessado desista de continuar com a transação.

É importante que a COF contenha informações verdadeiras, pois caso seja comprovado informações inverídicas na Circular, mesmo o contrato já fechado, este pode ser cancelado e o franqueador terá que restituir ao franqueado tudo o que lhe foi pago.

Dessa forma, a COF deve ser elaborada em uma linguagem clara e objetiva, para que todos possam entender perfeitamente todos os seus pontos. Tanto é a sua importância que a maior parte da Lei de Franquias é voltada para a determinação de conteúdos que devem constar na Circular.

Dentre os pontos que devem constar na COF estão informações sobre:

– Empresa Franqueadora;

– Modelo da Franquia;

– Valores;

– Rede;

– Território;

Assim, qualquer transação que se denomine como franquia deve estar de acordo com a Lei de Franquias, para que este modelo de negócios que tem crescido de forma considerável no Brasil tenha total credibilidade para todas as partes envolvidas.

Sirlene Montes


Saiba como emitir uma CNDT – Certidão Negativa de Débitos Trabalhista, obrigatória para processos de licitação.

A partir da última terça-feira, dia 4 de julho, passou a ser obrigatória a apresentação da CNDT, uma Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas, para que se possa participar de processos de licitações públicas e a mesma agora pode ser emitida de forma gratuita por meio das páginas eletrônicas do TST (Tribunal Superior do Trabalho), dos TRT’s (Tribunais Regionais do Trabalho) ou do CSJT (Conselho Superior da Justiça do Trabalho), diante da indicação do número de um CNPJ ou então CPF do interessado.

Para que sejam visualizadas de maneira correta tais certidões geradas através sistema, é preciso que o usuário tenha instalado o programa Acrobat Reader (leito de PDF). A Secretaria de TI (Tecnologia da Informação) do Tribunal Superior do Trabalho indica que sejam utilizados navegadores como Mozilla Firefox e Google Chrome, pelo fato da compatibilidade ser maior. Já os que fazem uso do navegador da Microsoft, o Internet Explorer, até sua versão 8.0, devem realizar a alteração em sua configuração, assim desbloqueando os conteúdos que aparecem como bloqueados. Já a versão 9.0 deste mesmo navegador, até o momento, não foi homologada para que os usuários possam realizar este procedimento.

A certidão tem validade nacional pelo período de 180 dias e mostra a situação em que se encontra a pessoa jurídica pesquisada com referência a todas as suas agências, filiais ou então estabelecimentos. Tal documento será negativa caso não haja qualquer tipo de débito trabalhista no CPF ou CNPJ pesquisado e ainda durante os 30 primeiros dias que o nome esteja inscrito no Banco Nacional de Devedores Trabalhistas. Caso contrário, a certidão será positiva, ou seja, com efeito de negativa, caso haja débitos que estejam com a exigibilidade suspensa ou então garantidos através de penhora.

Acessando os mesmos endereços eletrônicos citados acima, o interessado pode obter o relatório de processos que se encontram em fase de regularização, onde será indicado para o mesmo, qual será a data em que os débitos da empresa serão lançados no pré-cadastro do Banco Nacional de Devedores Trabalhista, também conhecido pela sigla BNDT.

FILIPE R SILVA


Inscrições podem ser feitas até o dia 30 de maio de 2017.

Já pensou em ser trainee? Estão abertas as inscrições para o programa de trainee das Lojas Renner com foco na área de gerência. Ficou interessado? Para participar da seleção é necessário ter concluído o ensino superior entre 06/2010 e 06/2017, ter disponibilidade para viagens ou mudanças para qualquer lugar do País e se você for estrangeiro deve ter visto para trabalhar no Brasil.

Os candidatos serão avaliados por meio de etapa online (que está prevista para junho), dinâmica e entrevista (em julho), etapa com executivos (em agosto), etapa com a diretoria (em agosto e setembro) e o início do programa está previsto para o mês de outubro.

Para facilitar a participação dos interessados, as fases de dinâmica de grupo e entrevista individual ocorrerão em Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo, Curitiba, Campinas, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Vitória, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Salvador e Manaus. Nesta fase do programa, a Renner não se responsabilizará com custos de transporte e hospedagem, ou seja, fica a cargo de cada participante.

Por meio do programa de trainee, o candidato terá a oportunidade de começar a desenvolver uma carreira executiva em uma das maiores redes de varejo do Brasil, poderá ter a chance de atuar com líderes e Presidente e após o término do programa poderá assumir a posição de gerente de loja, que é o responsável pela gestão da equipe. Além disso, vai atuar procurando superar as expectativas do cliente, com foco, visão sistêmica do negócio e vontade de ser e fazer o melhor.

O trainee conta com vários benefícios como assistência médica, participação nos resultados, desconto nos produtos da loja, refeitório e vale transporte. Você preenche os requisitos e quer participar da seleção? Não perca tempo e clique neste link https://www.99jobs.com/lojas-renner para enviar o seu currículo. As inscrições ficam abertas somente até o dia 30 de maio.

Compartilhe a oportunidade nas suas mídias sociais e antes de encaminhar o seu currículo faça uma revisão e acrescente cursos que tenha feito, domínio de idioma, viagem ou outra informação que considerar relevante para chamar a atenção na primeira fase do programa de trainee da Renner. Fique atento ao seu e-mail, para não perder nenhum contato da empresa. Sucesso e boa sorte!

Por Babi


Algumas áreas são mais requisitadas que outras no momento atual do mercado de trabalho.

Com a atual crise que assola o nosso País, as empresas tentaram equilibrar os gastos eliminando funcionários e despesas. Até outubro deste ano (2016), o total de admissões foi de 12.683.293 e desligamentos de 13.435.109, bem maior do que o número de admitidos, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), os dados podem ser consultados no site da instituição: http://bi.mte.gov.br/eec/pages/consultas/evolucaoEmprego/consultaEvolucaoEmprego.xhtml#relatorioSetor.

Com o atual cenário econômico os candidatos precisam fazer a diferença, oferecer mais produtividade com qualidade e aceitar novos desafios e funções.

Algumas áreas inovadoras tendem a crescer mesmo no cenário de crise, tais como: compliance, tecnologia e finanças.

A seguir serão listadas 10 profissões mais buscadas pelas empresas e suas características:

1) Profissional de plataformas mobile e web: É preciso profundo conhecimento no desenvolvimento em DevOps, Java e Groovy visando mobile, além de conhecer as ferramentas mais utilizadas de web como: Android e IOS. Média salarial: 11mil reais.

2) Gerente tributário: Possui formação em direito ou contábeis e preferencialmente com pós-graduação ou MBA em direito tributário além de inglês fluente. Seu papel profissional é garantir a atualização da empresa com as obrigações fiscais para assim reduzir a carga tributária tornando o negócio mais eficiente. Média salarial: 15 mil reais.

3) Coordenador/gerente de infraestrutura: Formação em ciências da informação ou sistemas. O profissional se responsabiliza por gestão de TI (infraestrutura) como as áreas de suporte, telecomunicações e data center. Média salarial: 15 mil reais.

4) Controller: Com formação em administração ciências contábeis, ou economia, o profissional deve acompanhar a operação financeira da empresa criando indicadores, divulgando-os para a matriz ou acionistas. Média salarial: 18 mil reais.

5) Departamento jurídico (Head): O profissional é generalista, atuando de forma consultiva. Como o nome sugere, será o responsável pela demanda jurídica da empresa, atuando como consultor e gerindo o contencioso, bem como pelo orçamento da área e claro gestão da equipe da área. Média salarial: 15 mil reais.

6) Gerente de tesouraria: Formado em administração, ciências contábeis, engenharias ou economia com MBA em finanças. O profissional é responsável por controle do capital de empresas. Deve ter conhecimentos em conciliação bancária de médio/longo prazo, controle e projeção do fluxo de caixa. Média salarial: 20 mil reais.

7) Gerente de contencioso de volume: É um profissional com perfil híbrido da área administrativo-financeira com foco na área cível, recuperação de créditos e ações indenizatórias, além é claro de gerir na área trabalhista devido ao alto fluxo de pessoas no ano. Média salarial: 12 mil reais.

8) Gerente de inteligência de mercado: É uma atuação analítica, capaz de raciocínio atualizado e lógico, gerir atividades do mercado de inteligência, como: dados de consumidores, concorrência, cenários e tendências definindo assim políticas e processos. Média salarial: 10 mil reais.

9) Advogado sênior da área de M&A: O profissional deve possuir experiência na execução de fusões como elaboração dos atos societários. Isso devido à tendência que os investidores estrangeiros possuam poder aquisitivo das empresas desvalorizadas do País. Média salarial: 11 mil reais.

10) Profissional de marketing digital: Deve possuir conhecimento e experiência do utilizador e mídia online. Deve possibilitar a gestão da estratégia digital, atuando prospectando vendas e leads, realiza análise do mercado como tendências identificando assim as oportunidades de serviços, produtos, informações e claro soluções pelo ramo digital. Média salarial: 10 mil reais.

Como pode-se notar, as áreas são bem seletivas, porém já era de se esperar que as empresas busquem alternativas para contornar a crise, evitando assim falência por isso todos os profissionais citados acima são treinados para prospecção, gerência de equipes, administração e finanças, então quem deseja estar preparado para o mercado deve pesquisar as áreas e obter o aperfeiçoamento requerido para concorrer nesse seletivo mercado de trabalho.

Por Erica de Souza


Empresa busca por profissionais com experiência para atuarem como Assistente de Mídia

A Agência REF+T, empresa que está entra as dez maiores agências independentes do país, está com vagas de trabalho disponíveis para profissionais com formação superior completa (o curso não foi especificado). As oportunidades são para exercer o cargo de Assistente de Mídia. As vagas são para São Paulo (SP).

No dia a dia de suas atividades, o Assistente de Mídia precisa organizar a montagem de programações, realizar o levantamento de dados, acompanhar e montar cronogramas, controlar pacotes, atualizar planos, realizar compensações e dar suporte na coordenação/supervisão.

Também será de atribuição do Assistente de Mídia a execução de mídia, o controle e envio de material, a solicitação de material, as devidas autorizações (envio de PIs/PM). Outras funções serão reservas, checkings, levantamento de informações, compras de mídia, atendimento aos veículos e defesa dos mesmos.

Para estar apto a cumprir com as suas tarefas diárias, o profissional precisa ter conhecimentos específicos na utilização das ferramentas de mídia (AdSystem ou Publimanager), softwares de pesquisa (TGI, Monitor, Ibope MW), além do Pacote Office (Power Point e Excel).

A REF+T destaca a necessidade de o Assistente de Mídia ter experiência com cliente de varejo. O perfil comportamental almejado pela empresa é ser proativo e organizado. Já o diferencial para a vaga é ter curso do Ibope ou do Grupo de Mídia.

A remuneração oferecida pela REF+T ao cargo de Assistente de Mídia não foi informada. Também não foi divulgados detalhes sobre benefícios e se o regime de contratação é PJ ou CLT.

No caso de informações auxiliares, o candidato pode acessar o site institucional da agência: http://refmaist.com.br/. O telefone de contato é o seguinte: +55 11 30452515.

Quem tiver interesse em participar da seleção ao cargo de Assistente de Mídia deve enviar a pretensão salarial e o currículo para o endereço de e-mail rh_midia@refmaist.com.br.

Fundada há 14 anos, a REF+T possui esse nome por conta da inicial de seus sócios-fundadores: Ricardo, Eduardo e Fernando. Anos depois, o publicitário Tripoli se juntou e reforçou a equipe. Entre os clientes da agência estão grandes empresas como Royal Caribbean, Kanue, Tricae, Azamara Club Cruises e Celebrity Crusies.

Atualmente, a empresa possui um corpo de funcionários que contempla mais de 100 colaboradores.

Por Julio Abreu


Oportunidades são para quem tem nível superior. Os salários podem chegar R$3.000

A Prime Research, empresa internacional que atua oferecendo serviços na área de comunicação, abriu vagas de trabalho para profissionais com ensino superior completo em Letras, Comunicação Social e áreas correlatas. As oportunidades são para São Paulo (SP).

Com este processo de seleção, a Prime Research busca recrutar um profissional que irá trabalhar juntamente com a equipe internacional da empresa, sendo responsável pela produção de newsletter e clipagem diária.

Também será de atribuição do profissional a tradução de resumos de matérias em português e espanhol para o idioma inglês.

Entre as suas demais atividades do dia a dia, será responsável por elaborar relatórios mensais, que deverão ser apresentados aos seus superiores.

A Prime Research também destaca uma série de requisitos que são obrigatórios ao candidato preencher antes de enviar o seu currículo. Além de ter curso superior, é preciso ter conhecimentos de informáticas, dominar os programas do Pacote Office (Outlook Express, Word, Power Point, Excel, etc), ter fluência verbal e escrita na língua inglesa.

Além disso, é preciso que o profissional tenha domínio em espanhol em nível, no mínimo, intermediário. Também é necessário possuir experiência anterior em clipagem.

A remuneração oferecida pela Prime Research para a função em aberto é um salário que pode variar de R$ 2.001,00 a R$ 3.000,00. Não foram divulgadas informações sobre benefícios e o regime de contratação (CLT ou PJ). A carga horária de trabalho compreende uma jornada de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 15h30.

O local de trabalho, em princípio, será a sede da empresa na capital paulista, que fica na Rua Verbo Divino, número 1488. O telefone de contato, caso precise de informações auxiliares, é +55 11 5180 4557.

Os profissionais que desejarem participar do processo seletivo promovido pela Prime Research devem enviar o currículo atualizado, o mais rápido possível, para o seguinte endereço eletrônico: lautert@prime-research.com.

A multinacional Prime Research possui ainda dois escritórios nos Estados Unidos (Nova York e Detroit), três na Europa (Alemanha, Reino Unido e Suiça) e dois na Ásia (China e Índia). A empresa contabiliza mais de 400 profissionais das mais diversas especialidades em todo o planeta, que buscam difundir ao longo do mundo os interesses e a cultura geral da empresa.

Por Julio Abreu


O mercado de trabalho está cada vez mais exigente e para acompanha-lo é preciso ficar atento às características que mais são valorizadas pelos empregadores.

O mercado de trabalho no Brasil pode ser exigente para alguns profissionais, principalmente para os mais jovens. Algumas características são muito admiradas pelos empregadores. Conheça algumas:

– Ter opinião: Um funcionário participativo, que opina e dá sugestões para o crescimento da empresa é muito admirado na atualidade. Aquela imagem do funcionário submisso, que só faz as suas tarefas e obedece ordens, não agrada mais. Hoje é preciso demonstrar interesse pela empresa.

– Ter independência: Nada pior do que um funcionário que não tem iniciativa, ou que fica aguardando as próximas ordens. Funcionários que perguntam mais sobre sua função e que querem aprender são muito mais bem vistos pelo mercado.

– Trabalhar em equipe: Uma das características mais apreciadas pelo mercado é o corporativismo. Funcionários que têm problemas de relacionamento graves, ou que são individualistas são mal vistos nas empresas. É necessário trabalhar bem em equipe para de destacar no trabalho.

– Dominar a tecnologia: Por estarmos inseridos em um ambiente cada dia mais digital, é muito importante que o funcionário tenha domínio das principais ferramentas da modernidade. Saber usar novos aplicativos, buscar aperfeiçoamento e reciclagem, são essenciais para os funcionários manterem-se ativos no mercado de trabalho. Além de ser uma exigência no mercado de trabalho, o uso correto das tecnologias pode ser um aliado para suas tarefas diárias.

– Ser comprometido: Nada de entrar no modo operacional de fazer “mais do mesmo”.  O mercado de trabalho está atento a esses perfis, que embora possam ser produtivos, não trazem inovações para a empresa. É necessário não só estar na empresa, mas fazer parte dela. Ser engajado no trabalho é uma das melhores formas de mostrar resultados maiores do que os esperados.

– Ter expectativas: Um funcionário que tem expectativas acerca de sua própria carreira é uma peça chave para a empresa. A vontade de crescer será muito importante para o ambiente e sua equipe de trabalho. As empresas buscam novas ideias, novas posturas, comprometimento. Somente um funcionário que tem boas expectativas para o futuro pode oferecer essas qualidades.

Por Patrícia Generoso


Ser justo e não levar o desafeto para o lado pessoal são algumas dicas

Ter um bom relacionamento com todos os colegas de trabalho é indispensável para que possamos desenvolver nossas tarefas sem problemas e a empresa conte com uma produção que esteja dentro de suas expectativas, porém, nem sempre isto é possível, pois acontece de não conseguirmos ter um bom relacionamento como algum outro funcionário.

E quando este relacionamento não tão bom acontece entre o chefe e o seu subordinado, a situação fica ainda mais complicada, porque todo chefe precisa desempenhar o papel de motivador. É ele que irá cuidar para que todos os funcionários se mantenham motivados no trabalho, garantindo a melhor produção possível.

Nenhuma empresa espera que o chefe goste igualmente de todos os integrantes da sua equipe, assim como toda empresa sabe que nem todos os funcionários irão ter um bom relacionamento com o chefe, mas é importante saber contornar esta situação para não prejudicar a empresa e a sua própria carreira dentro da empresa.

Uma boa forma de conseguir manter o bom relacionamento com todos, até mesmo com quem você não goste, é começar a pensar sempre, antes de tomar uma decisão, por menor que seja, assim você poderá avaliar se a sua decisão é a mais correta ou se você está se deixando influenciar por não ter um bom relacionamento com algum funcionário e, de certa forma, querer prejudicá-lo. Pois, na verdade, você estaria prejudicando toda a equipe e até mesmo a empresa onde trabalha.

Outra forma de conseguir motivar um funcionário com o qual você não se dá muito bem na empresa é tratando-o da mesma forma que você trata os outros funcionários, com os quais mantém um melhor relacionamento. Nada de dar tarefas mais fáceis para quem você gosta e as mais difíceis para o seu desafeto, aliás, isso só vai complicar ainda mais a situação.

Seja justo na distribuição de tarefas, mostrando a este funcionário que ele é tratado da mesma forma que todos os outros, pois isto vai deixar o convívio de vocês muito mais fácil no ambiente de trabalho.

Na medida do possível, procure se aproximar deste funcionário com o qual você não tem um bom relacionamento e se esforce para compreendê-lo e para conhecer um pouco mais de sua vida profissional. Pode ser que, fora da empresa, ele esteja enfrentando sérios problemas e sua aproximação servirá para que ele se “desarme” e passe a o considerar como um amigo.

Jamais queira levar para o lado pessoal, nem pense em querer ficar provocando-o ou fazendo vinganças, tudo isto só vai deixá-lo ainda mais com raiva de você, não ajudando absolutamente em nada.

Se o clima ficar muito pesado, chame-o para uma conversa particular e, mesmo que vocês não consigam ser amigos, tente convencê-lo que ali dentro da empresa, vocês precisam ter o melhor relacionamento possível, ainda que seja somente profissional, mas que os interesses particulares devem ser deixados de lado, pois isto beneficiará você, ele e a toda empresa.

Por Russel





CONTINUE NAVEGANDO: