Estatístico – Carreiras Promissoras para 2018





Confira o que faz um profissional da área de Estatística, quanto ganha e qual a formação acadêmica necessária.

Uma das áreas fundamentais quando o assunto é a coleta de dados, bem como interpretação dos mesmos e aplicação prática é a estatística. Vale destacar que o profissional desse ramo vem sendo bastante valorizado nos últimos anos devido à expansão do mercado de trabalho relacionado à estatística. Com grandes oportunidades tanto no setor privado como no serviço público, a demanda por profissionais com formação superior em estatística é considerável.

Outro detalhe interessante é que praticamente todas as universidades públicas, bem como instituições de ensino superior privadas, contam com esse curso disponível. Confira na continuação desta matéria mais detalhes do profissional da estatística, uma das carreiras promissoras para 2018.

O que faz?

Primeiramente, é importante destacar que a estatística é um dos ramos da matemática aplicada. Dessa forma, o estatístico irá usar técnicas e métodos matemáticos com o objetivo de coletar, analisar e interpretar dados numéricos visando encontrar informações detalhadas no estudo de fenômenos econômicos, naturais e sociais.

Portanto, o estatístico é o profissional responsável pela coordenação e apuração de informações através de entrevistas, medições e questionários que irão trazer uma série de informações e dados. Tais informações e dados serão “decifrados” pelo estatístico. Após uma análise profunda de tais informações, o profissional irá interpretar os dados obtidos para explicar diversos tipos de fenômenos e criar bancos de dados relacionados aos mesmos de forma a utilizá-los nas mais diversas aplicações.

Formação Acadêmica

Sendo um curso da área de exatas, especificamente matemática aplicada, o curso de estatística é recheado de cadeiras de matemática, física, programação e física. Em seus primeiros períodos na faculdade, durante o chamado ciclo básico, o aluno terá contato direito com as disciplinas que irão fornecer os conhecimentos básicos necessários para sua formação profissional. Com isso, o mesmo irá cursar disciplinas como, por exemplo, Cálculo Diferencial e Integral, Introdução a Probabilidade e a Estatística, Introdução à Programação, Desenvolvimento de Algoritmos, Álgebra Linear e Tecnologia da Amostragem.

No chamado ciclo profissional, o estudante irá cursar as disciplinas específicas do curso. Cadeiras como Banco de Dados para Estatística, Aprofundamento em Probabilidade, Inferência Estatística, Processos Estocásticos, Análise Estatística e Planejamento e Pesquisa são algumas das disciplinas cursadas nesta fase.





O curso possui duração média de 4 anos e, na grande maioria das universidades e faculdades que ofertam o mesmo, a duração máxima é de 8 anos.

Média Salarial

No início da sua carreira, a média salarial do estatístico pode variar de R$ 2.000 a R$ 3.000. Nas universidades, docentes com mestrado já ganham algo em torno de R$ 4.000,00 no escalão inicial. Já no escalão intermediário a média passar a ser de R$ 3.000 a R$ 5.000, sendo que em empresas de grande porte esse valor pode chegar a R$ 6.000. No auge da carreira um estatístico pode ganhar acima de R$ 15.000. O auge da carreira é atingido, em média, após 15 anos da graduação.

Por Bruno Henrique

Estatistica

Confira outras Carreiras Promissoras para o ano de 2018:

Cientista de Dados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *