Terceirização – O que é, Como Funciona





Entenda o processo de terceirização realizado pelas empresas.

Terceirização nada mais é que o ato de uma empresa contratar outra empresa para obter determinada prestação de serviços, de forma que a responsabilidade direta da companhia contratante se concentre apenas em sua atividade principal. Ou seja, é a intermediação de uma empresa para a contratação de serviços de um profissional, estabelecendo assim uma relação de parceria entre as instituições.

Atualmente algumas das atividades que podem ser contratadas pelo método de terceirização são vigilância, limpeza e conservação, por exemplo.

Vantagens de trabalhar terceirizado:

Há muitas controvérsias quando o assunto é terceirização. Enquanto para as empresas, soa uma forma de contratação segura, já que desresponsabiliza a contratante de determinados serviços e manuseio de produtos, delegando as tarefas e organização dos processos a outros, realizando assim uma descentralização de atuação, além de priorizar e focar na atividade principal da empresa que contratou a terceirizada, para os funcionários, pode ser também uma opção viável e acertada.





Como foi aprovada a lei de terceirização, os direitos dos trabalhadores foram garantidos. Quando contratados através de terceirizadas, os funcionários, por outro lado, também se isentam de certa forma da responsabilidade dos processos, já que não respondem diretamente pela empresa contratante da terceirizada. Como existe uma intermediação, o funcionário fica seguro de qualquer sinistro que venha a ocorrer, sendo coberto legalmente pela empresa que realizou a sua contratação, sem que haja compromissos contratuais com a instituição principal da situação.

O trabalhador que presta serviço para uma terceirizada tem amparo no contrato de prestação de serviços, não devendo necessariamente aos clientes qualquer tipo de resposta em nome da empresa principal, isentando-se de preocupações adicionais e, por sua vez, tendo seus benefícios, salários e condições de trabalho assegurados, independente do desempenho que a atividade principal da empresa venha a ter.

Mais do que nunca existem regras de normatização dessa forma de trabalho, possibilitando ao trabalhador uma função digna, sem que suas condições de atuação sejam afetadas negativamente. Embora alvos de preconceito, terceirizadas fornecem também mão-de-obra qualificada, tratando toda a parte administrativa de seus contratados, além de representarem grandes potenciais de contratação para quem necessita de emprego.

Por Carolina B.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *