Diplomata – Carreira, Atuação





O Diplomata representa o país para qual trabalha em diversas federações ou até mesmo em instâncias internacionais em várias áreas do conhecimento.

Em determinado momento que haja uma questão muito delicada a ser tratada entre os governos de países distintos, como vem sendo muito comum atualmente, a situação geralmente é tratada por intermédio uma questão de diplomacia. Entretanto, o diplomata realiza atividade que vão mais além de apenas solucionar determinados tipos de impasses. O profissional que segue a carreira diplomática tem a responsabilidade de representar o país para qual trabalha em diversas outras federações ou até mesmo em instâncias internacionais em várias áreas do conhecimento, como: política, cultural, administrativa, ambiental, consular, econômica, entre diversas outras.

No Brasil, para que seja assegurada a diversidade nas funções e atividades prestadas que são de responsabilidade de um diplomata, então, qualquer cidadão que possua diploma de formação em nível superior tem o direito de prestar a avaliação do Instituto Rio Branco, o qual faz a aplicação do Concurso de Admissão para selecionar cidadãos para a Carreira Diplomática do Itamaraty, que no nosso país é o ministério das Relações Exteriores. Desta forma, é muito comum que em sua equipe diplomática o país conte com profissionais que são jornalistas, médicos, engenheiros, economistas, administradores, historiadores, entre vários outros, pelo fato de ser uma carreira multidisciplinar.

Uma outra confusão que é bem comum com relação a carreira de diplomata é sobre o cargo de embaixador. Este está entre um dos postos mais altos de atuação na carreira de diplomacia, área que possui diversas funções com hierarquias. No momento em que uma determinada pessoa é aprovada no concurso, se torna um diplomata no cargo de Terceiro Secretário. Sendo que, de acordo com o aprimoramento de suas atividades realizadas, o mesmo tem a possibilidade de ir passando para os próximos estágios, os quais são: Ministro de Primeira Classe, Ministro de Segunda Classe, Conselheiro, Primeiro Secretário e Segundo Secretário, sendo que estão referidas aqui do cargo mais elevado para o mais baixo. O cargo maior, o ministro de Primeira Classe, pode até ser indicado pelo atual presidente da República para que o mesmo assuma as cadeiras de Cônsul-Geral ou então de Embaixador.

O salário para essa carreira chega próximo dos 30 mil reais mensais.

Por Filipe Silva

Diplomata

Outras Profissões:

Contador

Farmacêutico

Engenheiro de Produção

Analista de TI

Gerente de RH

Advogado

Arquiteto

Biomédico

Acupunturista

Almoxarife

Analista Comercial

Agente de Viagens

Aspirante da Aeronáutica

Assessor de Imprensa

Assistente Social

Aspirante a Oficial do Exército

Auxiliar ou Assistente Administrativo

Agrônomo

Auditor

Bibliotecário

Biólogo

Blogueiro

Bombeiro

Barista

Ator

Chefe de Cozinha

Comunicador Social

Corretor de Imóveis

Corretor de Seguros

Cumim

Cuidador de Idosos





Decorador

Designer

DJ

Economista

Editor de Imagens

Biotecnólogo

Editor de Texto

Educador Social

Enfermeiro

Escriturário

Guia de Turismo

Jornalista

Leiturista

Massoterapeuta

Músico

Office-Boy

Operador de Telemarketing

Paisagista

Pedagogo

Podólogo

Programador

Orçamentista

Projetista

Protético

Publicitário

Recepcionista

Redator

Secretária Executiva

Sociólogo

Socorrista

Técnico Bancário

Técnico em Edificações

Técnico em Enfermagem

Técnico em Informática

Turismólogo

Torneiro Mecânico

Técnico em Radiologia

Veterinário

Tradutor



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *