Protético – Mercado de Trabalho, Média Salarial





O mercado de trabalho para o protético é muito amplo e pode variar entre clínicas especializadas, laboratórios, consultórios, hospitais e até mesmo a prestação de serviço de forma autônoma para diversos locais.

Uma das profissões bastante conhecidas e mais promissoras no mercado de trabalho é a de Protético que é mais conhecido como técnico em próteses dentárias. Esse profissional é o responsável que atua em parceria com o cirurgião dentista que tenta o restabelecimento de toda a capacidade de mastigação e da parte estética do paciente, por meio das próteses dentárias.

Devido à grande demanda por uma boa estética das pessoas em geral, principalmente a da região bucal, faz com que esse profissional seja bastante requisitado pelo mercado de trabalho. O trabalho do protético é bastante complexo, pois fazer moldes de próteses dentárias exige um grande número de detalhes e qualquer erro, por menor que seja, pode gerar recusa por parte do cliente ou lhe causar um certo incômodo na boca.

O mercado de trabalho para o protético é muito amplo e pode variar entre clínicas especializadas, laboratórios, consultórios, hospitais e até mesmo a prestação de serviço de forma autônoma para diversos locais. Dependendo da experiência do profissional, ele pode abrir seu próprio negócio, pois a demanda de trabalho no Brasil é enorme para o protético, pois a busca por uma boa aparência é cada vez maior por parte das pessoas. Boa parte desses profissionais é absorvida pelos mais de 7.000 laboratórios espalhados pelo país e o mercado ainda tem um déficit de protéticos, segundo uma recente pesquisa realizada em São Paulo.

A formação acadêmica exigida para se trabalhar como protético é o ensino médio com formação técnica em prótese dentária. No curso, o futuro protético aprende todas as técnicas da profissão aliada a parte teórica da mesma, que é de suma importância para se fazer um trabalho de qualidade. Diversas escolas no Brasil oferecem o curso técnico em prótese dentária, o que pode ser uma boa alternativa em épocas de crise financeira.

O salário médio de um protético pode variar muito com sua experiência, o porte da empresa e a forma que o profissional atua no mercado. Para aqueles que trabalham de forma autônoma, os ganhos podem ser bem maiores, variando de R$ 2.500,00 até R$ 4.000,00, dependendo da demanda de serviço no mês. Se o protético trabalha somente em uma empresa com carteira assinada, os ganhos giram em torno de R$ 2.500,00, dependendo da experiência do profissional.

Por Rodrigo Souza de Jesus

Outras Profissões:

Contador

Farmacêutico

Engenheiro de Produção

Analista de TI

Gerente de RH

Advogado

Arquiteto

Biomédico

Acupunturista

Almoxarife

Analista Comercial

Agente de Viagens

Aspirante da Aeronáutica

Assessor de Imprensa

Assistente Social

Aspirante a Oficial do Exército

Auxiliar ou Assistente Administrativo

Agrônomo

Auditor

Bibliotecário

Biólogo

Blogueiro

Bombeiro





Barista

Ator

Chefe de Cozinha

Comunicador Social

Corretor de Imóveis

Corretor de Seguros

Cumim

Cuidador de Idosos

Decorador

Designer

DJ

Economista

Editor de Imagens

Biotecnólogo

Editor de Texto

Educador Social

Enfermeiro

Escriturário

Guia de Turismo

Jornalista

Leiturista

Massoterapeuta

Músico

Office-Boy

Operador de Telemarketing

Paisagista

Pedagogo

Podólogo

Programador

Orçamentista

Projetista



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *