Programador – Atribuições da profissão, Média Salarial



O Programador é o responsável por seguir especificações para o desenvolvimento de softwares de forma completa ou não.

Gosta de tecnologia, desenvolvimento de projetos e computação? Então, talvez a profissão de programador seja muito indicada para você! Essa é uma carreira com alto potencial de inserção no mercado de trabalho e uma das mais buscadas por empresas do mundo inteiro. Confira as principais características da função e como se tornar um programador!

Função de um programador:

É responsável por seguir especificações para o desenvolvimento de softwares de forma completa ou não. Nesse sentido, escreve códigos que darão origem a plataformas, sites, aplicativos, jogos, ferramentas variadas, entre outros. Para garantir o melhor funcionamento desses sistemas, realiza testes, manutenção e eventuais correções. Assim, pode trabalhar tanto de forma individual como em equipes.



Áreas de atuação:

Permite atuação em diversos setores. Por isso, é possível trabalhar nas seguintes funções:

· Programação desktop.

· Programação web.



· Programação mobile.

· Programação de jogos.

· Database Administration (DBA) ou Administração de Banco de Dados.

O programador, geralmente, especializa-se em uma ou mais dessas áreas e em tecnologias específicas. Além disso, dependendo da empresa que o contratar, pode trabalhar com profissionais de outros setores para o desenvolvimento de projetos.

Formação acadêmica de um programador:

Para atuar na função de programador, nem sempre é necessário ter diploma. Por isso, muitos profissionais são autodidatas ou fazem cursos específicos para aprender a programar. Porém, quem deseja uma formação completa, pode realizar algum curso técnico voltado para uma das áreas citadas acima. Também é possível fazer um curso superior que aborde o tema, como nestes casos: Ciências da Computação, Sistemas de Informação ou Análise de Sistemas.

Onde pode trabalhar:

Pode trabalhar em empresas de quase todos os segmentos e portes. Mas existem algumas que costumam contratar mais esse tipo profissional, como nestes ramos: Publicidade, Comunicação, Telecomunicações, Tecnologia em geral, Educação, Bancário, Financeiro, Marketing, Administração, Engenharia, entre outros.

Mercado de trabalho e média salarial:

O mercado de trabalho é promissor, pois é um dos que mais contrata no mundo inteiro. Também oferece grandes possibilidades para manutenção e desenvolvimento de carreira. Isso ocorre porque muitos negócios e pesquisas precisam de um programador, para garantir avanços e pesquisas em soluções tecnológicas.

Hoje, a sua média salarial é de aproximadamente R$2.500, podendo chegar a mais de R$7.000. Esses valores podem variar muito de acordo com a área de atuação e experiência do profissional.

Ter fluência em inglês é uma das habilidades mais requisitadas em diversas vagas de emprego do ramo. Também é muito importante se manter atualizado em relação a tendências e mudanças tecnológicas. Por fim, um portfólio com trabalhos realizados é quase que obrigatório para conseguir emprego ou prestar serviços.

Quer trabalhar com programação? Qual especialidade pretende seguir?

Por Camilla Silva

Outras Profissões:

Contador

Farmacêutico

Engenheiro de Produção

Analista de TI

Gerente de RH

Advogado

Arquiteto

Biomédico

Acupunturista

Almoxarife

Analista Comercial

Agente de Viagens

Aspirante da Aeronáutica

Assessor de Imprensa

Assistente Social

Aspirante a Oficial do Exército

Auxiliar ou Assistente Administrativo

Agrônomo

Auditor

Bibliotecário

Biólogo

Blogueiro

Bombeiro

Barista

Ator

Chefe de Cozinha

Comunicador Social

Corretor de Imóveis

Corretor de Seguros

Cumim

Cuidador de Idosos

Decorador

Designer

DJ

Economista

Editor de Imagens

Biotecnólogo

Editor de Texto

Educador Social

Enfermeiro

Escriturário

Guia de Turismo

Jornalista

Leiturista

Massoterapeuta

Músico

Office-Boy

Operador de Telemarketing

Paisagista

Pedagogo

Podólogo



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *