MPPE abre seu Programa de Estágio Universitário de Direito





São ofertadas 254 vagas de estágio no Ministério Público de Pernambuco.

O mês de agosto chegou e já trouxe novas oportunidades para quem está buscando um estágio. Isso porque nesta segunda-feira, dia 1º de agosto, foram abertas as inscrições para o Programa de Estágio Universitário de Direito do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), na edição de 2017.

Com edital (www.mppe.mp.br/mppe/index.php/cidadao/diario-oficial-link-cidadao/category/319-diario-oficial-2016) publicado no Diário Oficial, no total foram disponibilizadas 254 vagas, todas elas destinadas para estudantes que cursam direito. Destas, 68 oportunidades são destinadas para as Promotorias de Justiça do interior.

Para se inscrever é muito fácil. Basta fazê-lo pelo postal do Instituto de Gestão e Desenvolvimento Social (IGD) (http://igdrh.webflow.io/), até às 16h59 de 31 de agosto de 2016. Assim, quem quiser se candidatar precisa realizar o preenchimento de uma ficha de inscrição, além de imprimir um boleto para pagamento de taxa no banco. O valor deste é de R$ 32 e pode ser quitado até o dia 1º de setembro.

Quando esta inscrição for feita, é solicitado a escolha de uma das localidades de estágio que estão disponibilizadas. São elas: Petrolina, Serra Talhada, Recife e Caruaru. Basta, portanto, assinalar a opção escolhida.

Para participar do processo de seleção, basta estar cursando uma graduação no curso de Direito, além de estar no terceiro ao quinto ano ou do quinto ao nono período. É importante saber que somente são válidos candidatos matriculados em Instituições de Ensino Superior que são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), além de conveniadas com o Ministério Público do Estado de Pernambuco.





Não poderão participar, ainda, alunos que já participaram por mais de um quadrimestre de algum Programa de Estágio Universitário de Direito, promovido pelo MPPE.

A realização da seleção será no dia 25 de setembro de 2016, sendo esta das 13h às 17h. O processo ocorrerá por meio de duas provas, uma sendo objetiva e envolvendo cinquenta questões de múltipla escolha, além de uma subjetiva na qual é solicitado a elaboração de uma redação sobre algum tema da atualidade e que tenha foco nas áreas em que o Ministério Público atua.

A aprovação fica por conta dos candidatos que tiverem nota maior a cinco em ambos os exames. No resultado final, contará a soma dos dois resultados.

A previsão é de que o resultado final e a lista de classificados sejam publicados no dia 28 de outubro, no site do IGD e no Diário Oficial do Estado. 

Por Kellen Kunz



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *