C&A abre 73 Vagas para Deficientes em São Paulo





C&A oferece Novas Vagas de Emprego para Portadores de Deficiência. Oportunidades são para o Estado de São Paulo.

A C&A, rede de varejo de moda, apresenta 73 vagas para profissionais com deficiência, para arranjar o conjunto de cooperadores das lojas no estado de São Paulo, do escritório central e dos centros de distribuição, em Barueri.

Para competir, é preciso ter ensino médio completo e disponibilidade de horário. A empresa oferece salários, além de assistência médica e odontológica, vale-transporte, vale-refeição, participação nos resultados, desconto de 20% na C&A e plano de carreira.

Os cadastros permanecerão abertos até o preenchimento das vagas e os concorrentes devem entregar o currículo em uma das lojas da rede. Atualmente a empresa está presente em 25 Estados e no Distrito Federal. A C&A concentra mais de 21 mil servidores, que consentem cerca de um milhão de clientes diariamente.





Cada vez mais empreendimentos procuram contratar pessoas portadoras de necessidades especiais. As causas para conservar esta atitude vão mais além do simples desígnio de improvisar média com a contribuição de renda, as disposições estão empregando como prioridade a distinção e uma civilização organizacional regressada para o respeito e o entusiasmo das diferenças. Em um mundo onde existe tanta dessemelhança, implica o cuidado quando associações cultivam os seus valores em angariar pessoas que apresentem algum tipo de deficiência, isto não necessitaria avocar tanto a atenção ao analisar que todos os indivíduos tem o direito de ampliar as suas agilidades, saberes e treinamentos, entretanto, sabe-se que infelizmente, este espectro não é considerado por todas as companhias.

Quem estiver preparado a competir por uma das vagas, deverá contar com ensino médio completo e disponibilidade de horário. Para asseverar uma das chances, é conciso que você se registre o mais ligeiro possível, já que a C&A estará recebendo currículos e elegendo candidatos até a completa ocupação das vagas. 

Por Lorena de Oliveira



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *